Última Hora
recent

Mallaryah defende que nomeações nos ‘AMA’ devem ser baseada na popularidade dos artistas

O integrante do grupo musical nacional de R&B ‘Dream Boyz’, Mallaryah, mostrou-se descontente pela forma como são feitas as nomeações nos Angola Music Awards, onde os próprios músicos têm que inscrever-se para poderem participar do mesmo.
Mallarya defende que os músicos não podem agir como se estivessem a implorar prémios.

Após se aperceber por meio de uma notícia feita pelo AngoRussia, que dois dos álbuns mais bem consumidos do ano passado, “Cartel de Amor” e “New Day”, de Cef e Lil Saint, não concorrem à categoria “Melhor Álbum do ano”, na 6º edição dos Angola Music Awards 2018, o músico e produtor Mallaryah, não hesitou em reagir à publicação e manifestou o seu descontentamento publicamente.

Apesar de não concordar com os métodos usados para nomear os artistas, Mallaryah, felicitou a organização do Angola Music Awards, mas deixou claro que tal como os outros, espera que haja mudanças no aspecto referido, mas que seja de acordo com as reclamações do público.


“Não é de assustar, os AMA apelam aos músicos para se inscreverem para concorrerem a prémios, a que se perceber que isto não é um concurso, as pessoas inscrevem-se para concursos, músicos não devem implorar prémios, buscar reconhecimento quando não têm, devem nomear músicos pela popularidade, seus feitos, o seu trabalho, os seus álbuns e vídeos que tiveram grande ênfase no mercado… logo também espero como outros que isso acabe e comecem a trabalhar como sempre deveria ser, até porque é bom quando te nomeiam e tu te sentes surpreendido Lets Go AMA, vamos mudar isso porque o melhor já está feito, parabéns ao AMA e seu team por criarem este evento top”, reagiu o cantor.
SKN Angola

SKN Angola

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.